Otimização (SEO): 10 dicas para seu site se posicionar melhor no google

No Comments

Para quem não sabe, O  SEO que em português, é “otimização para mecanismos de busca”. traduzido do inglês “Search Engine Optimization”.

SEO sigla muito conhecida pelos desenvolvedores também chamada de Otimização de sites ou otimização para buscas

Esta técnica envolve um conjunto de estrategias que são empregadas para elevar o posicionamento de um site através do tráfego orgânico, ou seja, por meio das ferramentas de busca, Google, Bing, Yahoo ou Youtube, por exemplo.

Quando nos referimos em significado de SEO, não nos baseamos somente à sua conceituação básica. Trata-se de uma técnica de muita importância para aumentar o tráfego do seu site.

O posicionamento dos sites está vinculado a determinados algoritmos matemáticos que darão relevância para sua pagina. Para que o seu site tenha um bom ranqueamento, é fundamental conhecer algumas técnicas de SEO que vão tornar sua página mais relevante.

Quanto mais simples for a palavra de busca, mais específico será o resultado. Por exemplo, se você pesquisar “SEO” ou “hospedagem”, inúmeras opções irão surgir. Mas, se você pesquisar “Sérgio Capuzzo” o endereço do nosso site será o primeiro resultado a aparecer na página de busca.

Agora que já foi apresentada a técnica SEO, iremos passar algumas dicas que não poderá faltar em seu site ou pagina. digo pagina por que essa técnica também podem ser aplicadas em redes sociais. A importância do Google plus

1. Definição de palavras-chave

O primeiro passo para uma boa otimização é saber introduzir as palavras-chave ao longo de um texto.

você terá que fazer um planejamento prévio sobre quais palavras possuem alta procura nas ferramentas de busca.

Ótimas ferramentas podem te auxiliar nessa jornada, como: Planejador de palavras-chave do Google, que te mostra quais são as palavras mais pesquisadas.

 

2. Destaque as palavras-chave

Apos ter passado pela primeira etapa escolhendo as palavras chaves, também é necessário saber como trabalhá-las.

Para um melhor resultado, você deve utilizar as palavras-chave no título do texto, no primeiro parágrafo e nos subtítulos (principalmente no primeiro). Use as tags de títulos para dar mais relevância (h1, h2, h3 …)

Também é importante negritá-las para destacar, mas não é preciso colocar todas as palavras em negrito. Ao negritar suas palavras chaves nas técnicas de SEO não use a tag (b) de preferencia ao (STRONG).

3. Densidade

Aqui nos referimos a quantidade de repetições de sua palavra chave na postagem.

Alguns profissionais do marketing digital sugerem 1,8 como densidade ideal, outros consideram até 3% como um bom número.

Mas nunca esqueça que a palavra-chave deve ser distribuída no título, subtítulo e texto.

4. Utilize sinônimos

Para repetir as palavras chaves dentro da densidade indicada, fica difícil, o texto começa a ficar repetitivo que é mal visto pela língua portuguesa além de desinteressar o leitor.

Portanto, você pode fazer o uso de sinônimos, ou termos correspondentes.

Por exemplo, se estou redigindo um artigo no qual a minha palavra-chave é “significado de SEO”, eu também posso utilizar o termo “importância do SEO”.

Indico sempre fazer os textos dos seus posts no word, excelente editor de texto com vários recursos e um deles é o dicionario de sinônimo (ao digitar um texto no word e queira um sinônimo, clique com o botão direito em cima dessa palavra que o word apresentará algumas opções de sinônimo da mesma).

 

5. Long tail Keywords

As head tails são consideradas palavras-chave genéricas ou termos de buscas gerais, e são de grande significado no SEO, mas aposte também nas long tails (palavras-chave de calda longa), que são termos mais específicos e podem garantir um alcance maior nas buscas. Essa técnica também podem ser aplicas no Adwords.

Novamente utilizando o exemplo citado no tópico anterior, se minha head tail é “significado de SEO”, eu posso transformá-la nas long tails:

significado de SEO para o marketing digital” ou “a importância do SEO para o meu site”.

6. Títulos, subtítulos, negrito e bullet points

Como já foi falado em algumas observações nesse texto os títulos do seu artigo podem variar do H1 ao H6, eles são os responsáveis por indicar aos mecanismos de busca quais conteúdos do seu texto são mais relevantes, este passo é um dos mais principais por isso acabamos repetindo.

Inclua ao menos três títulos e subtítulos no seu artigo, e não se esqueça de colocar a palavra-chave principal ou correspondente.

Se possível, também utilize bullet points (tópicos, marcadores) como quebra de texto

 

7. Qualidade de conteúdo

O que irá trazer trafego ao seu site são conteúdos de qualidade, conteúdo originais que sejam seus e não copiados.

O google e outras ferramentas de buscas analisam os conteúdos que são duplicados e acabam gerando punições e isso pode despencar seu site perante as pesquisas orgânicas e toda sua otimização SEO não servirá de nada.

 

8. Título interno e SEO title

Vale lembrar que o conteúdo interno do seu site é feito para pessoas, enquanto que as técnicas de SEO são feitas para os mecanismos de busca.

No caso dos títulos de publicações, você pode fazer um título interno, que seja atrativo para seu usuário prossiga com a leitura, e um SEO title que deve seguir algumas pequenas regras, como:

  • Número limitado de caracteres, aproximadamente 55;
  • Título claro e objetivo, que defina em poucas palavras a ideia principal da publicação;
  • Palavra-chave posicionada à esquerda do título.


9. Link 
Building

Até agora focamos mais no SEO on page, ou seja, nas técnicas internas de otimização.

As estratégias off page também tem grande significado no SEO. Uma delas é o Link Building.

Se você não entendeu o termo irei explicar: link building é quando um site de boa relevância perante aos buscadores possui um link do seu site! levando ao usuário a acessar seu site!

Quanto maior a autoridade do link que te indicou, mais relevância você terá para o buscador.

Sites .edu, .org e .gov são os que mais possuem relevância (priorize sites do mesmo assunto que o seu).

10. URL Amigável

Uma URL amigável deve ter poucos elementos, apresentar a palavra-chave, ter apenas um subdomínio, ser breve e de fácil interpretação e fazer referência ao título da publicação.

Se você gostou das nossas dicas não esqueça de deixar um comentário, se quer dicas exclusivas entre em contato conosco

Deixe um comentário

Comentários


Veja outras máterias interessantes